“Desbloqueando” o blockchain

John Knuff

Uma “rede de redes” trará amadurecimento à blockchain para gerar mais segurança e monetização de negócios

Todos nós ouvimos o burburinho em torno de blockchain e como esta tecnologia irá um dia revolucionar a maneira que fazemos negócios. Há uma grande variedade de opiniões sobre investir na ativação de blockchain ser importante agora ou não. De acordo com a McKinsey, o mercado global está em uma fase muito precoce da adoção de estratégias de blockchain e pode levar mais três a cinco anos até que o blockchain possua algum impacto material. Outras pesquisas, como a da Deloitte, preveem uma curva de adoção comprimida entre líderes empresariais. Confiando ou não na McKinsey, na Deloitte ou em uma bola de cristal, as empresas devem fazer as seguintes perguntas a si próprias:

1) A blockchain ou tecnologias de registro distribuído (DLT, na sigla em inglês) podem melhorar o meu negócio?
2) Nós podemos superar obstáculos legais, comerciais e regulamentares?
3) Deveríamos estudar a blockchain agora? [i]

Enquanto as redes públicas de blockchain, tais como Bitcoin e Ethereum, estampam muitas manchetes diárias, olhando para o passado, em 2018 as redes privadas de blockchain progrediram e poderiam se provar uma virada de jogo para os setores de serviços financeiros, supply chain, governo e saúde. Uma pesquisa recente da Deloitte sobre a adoção global de blockchain mostrou que mais de um terço dos entrevistados atualmente possuem blockchain em produção e outros 41% estão planejando implementar blockchain on-line em 2019. [ii]

Em última análise, o blockchain tem potencial para capacitar todas as indústrias a mudar radicalmente a forma que elas interagem com os clientes, fabricantes, fornecedores e parceiros. Ele tem o potencial de reduzir o custo de estruturas, melhorando drasticamente modelos de eficiência, e de criar novos fluxos de receitas por meio de aplicações. De acordo com a Deloitte, “Em suma, o único verdadeiro erro que acreditamos que as organizações podem cometer em relação a blockchain agora é não fazer nada.”

Redes privadas de blockchain estão em alta em negócios digitais

Embora ambas  as plataformas de blockchain públicas e privadas estejam se popularizando atualmente, acreditamos que o maior consumo corporativo dessa tecnologia será em redes de blockchain privadas nos negócios digitais. Estas redes ajudarão as empresas a começarem o processo de adoção, mantendo os níveis de controle e segurança com os quais eles estão acostumados.

Redes privadas atualmente têm uma maior probabilidade de serem aproveitadas em novos casos de uso, onde a performance é essencial. Por exemplo, os modelos atuais de consenso nas redes públicas não oferecem suporte a aplicações de blockchain que atendam aos requisitos crescentes de transação por segundo e baixa latência.

A estrutura de redes permissionadas também suporta um maior controle sobre os participantes da rede, fornecendo segurança maior e mais direcionada. Notamos que a difícil adoção do blockchain parece estar menos relacionada à tecnologia e muito mais com modelos de governança. Um modelo de governança de consórcio é utilizado por muitas das redes privadas como um meio de gerenciar participantes sem consolidar poder a nenhuma entidade. Esta é uma distinção importante, visto que redes puramente privadas com um único líder ou proprietário não podem escalar como pretendido. Isto é destacado em artigos recentes da TradeLens, uma rede de blockchain de mais de 90 Membros liderada pela Maersk, construída na plataforma de Blockchain da IBM. Como a Maersk controla a rede e, portanto, sua propriedade intelectual, adquirir participantes, especialmente concorrentes, pode ser difícil. Em resposta a esta situação, uma rede de blockchain nova, baseada em um consórcio foi anunciada para o setor marítimo, Global Shipping Business Network, que inclui cinco das dez maiores operadoras de contêineres.

Possuir múltiplas redes de blockchain servindo a um mesmo propósito significa que redes públicas, privadas e de consórcio podem funcionar. A forma que essas redes são capazes de trazer valor interno e externo é essencial, assim como a possibilidade de os dados serem acessados pelas partes necessárias, ou por quem está pagando por eles. Os mesmos polos de interconexão globais – independentes de fornecedores e que tornam possíveis as redes de blockchain públicas e privadas – também podem ser aproveitados para criar mais gateways para trabalhar com esses requisitos de acesso.

Em uma rede privada, como o nível de confiança está presente em relações ou contratos empresariais existentes, mecanismos mais eficientes de consenso podem ser aproveitados, e até mesmo os nodes de consenso, seja privado ou de um provedor de nuvem, podem estar próximos um do outro.

Várias redes de blockchain exigem integração perfeita

Ecossistemas de blockchain novos estão trazendo novas oportunidades e demandas para líderes empresariais e de TI. Como mencionado anteriormente, esperamos ver empresas se juntando a várias redes de blockchain, assim como as infraestruturas em nuvem multicloud e híbridas tornaram-se a norma. Eventualmente, uma empresa comum pode precisar se conectar a dezenas de redes de blockchain diferentes, compostas de diferentes protocolos de blockchain, aproveitando vários provedores de nuvem.

Baseado em uma pesquisa da Equinix, temos visto um número crescente de redes de blockchain formando-se em diferentes setores: financeiro, saúde, farmacêutico, varejo, transporte e governo. Em todos esses setores, seja a confirmação de um pagamento transnacional ou o transporte de produtos farmacêuticos, a exigência de transações quase em tempo real está se tornando crítica.

Se uma empresa se junta à sua primeira ou quinta rede de blockchain, criar a conexão entre sua infraestrutura corporativa interna e a rede de blockchain é a crucial. Modificar as estruturas de dados internos da empresa não é uma opção, então as empresas estão à procura de gateways em nível de aplicação para ajudá-las a enfrentar esses desafios de integração. Gateways em nível de aplicação normalmente residem na edge, onde eles se conectam com os nodes da rede de blockchain. Este hub oferece integração e interação da rede de blockchain em tempo real com desempenho consistente.

Múltiplas plataformas, nodes e cargas úteis maiores de blockchain 

A Equinix não apenas vê as empresas se conectando a múltiplas redes de blockchain, mas elas também estão aproveitando diversos protocolos, plataformas e implementações de nodesProvedores de serviços de cloud (CSPs) estão trabalhando para simplificar as implementações de blockchain, oferecendo uma solução de “Node-as-a-Service” (NaaS). O objetivo é fornecer uma implementação de nodes de blockchain sem atrito para empresas ou prestadores de serviços ainda menores ao redor do mundo. A Equinix está trabalhando com esses CSPs para disponibilizar suas soluções de NaaS para as empresas como qualquer outro serviço de cloud. Além desses serviços de nodes baseados em nuvem, alguns clientes corporativos estão implementando nodes privados para redes de blockchain específicas. Elas podem trabalhar no lugar de uma solução de NaaS, ou em paralelo, semelhante a uma arquitetura multicloud híbrida. Uma vez que todos esses nodes estão próximos uns dos outros e da infraestrutura corporativa central, eles são capazes de alcançar altos níveis de desempenho.

As redes de blockchain de hoje centraram-se nas informações de transação básicas. Isto baseia-se em parte na origem do uso de blockchain para Bitcoin, para transferir uma criptomoeda entre duas partes. Uma vez que o mundo viu os novos casos de uso potencial, as tecnologias de registro distribuído e de blockchain cresceram. Acredito que no futuro, casos de usos que exigem maiores tamanhos de transação irão emergir. Para oferecer suporte a esses requisitos maiores, participantes necessitarão aproveitar recursos de armazenamento locais e em nuvem, bem como conectividade de rede privada.

Distribuir o registro – convergir a geografia

À medida que o tempo avança, clientes de empresas vão participar de muitas redes de blockchain diferentes. Para conectar eficientemente sua infraestrutura corporativa central com os nodes de blockchain, é lógico que esses nodes devem ser colocados adjacentes a essas infraestruturas. À medida que o número de participantes aumenta, torna-se mais eficiente para eles manterem-se na mesma reguão para aumentar o desempenho, a disponibilidade, flexibilidade, escala e, eventualmente, funcionalidades.

Para conseguir uma rede de blockchain de alto desempenho, empresas e provedores de blockchain precisarão de hubs de interconexão independentes de fornecedores, próximos, distribuídos em todo o mundo e que possam fornecer a velocidade de interconexão e a baixa latência necessárias sem utilizar a internet. Isto também irá abrir o leque de potenciais casos de uso, impossíveis na arquitetura de hoje em dia. Apesar dos regulamentos, imagine uma rede de blockchain de saúde apoiando a inclusão tanto de procedimentos quanto de pagamentos, mas também MRIs de pacientes, resultados de exames, imagens de alta resolução e muito mais. Pacientes poderiam conceder acesso aos seus dados médicos criptografados para que os profissionais da saúde possam oferecer um tratamento, e farmácias preencham prescrições, ou ambos poderiam lucrar com isso, partilhando seus dados com outros registos anônimos geridos por organizações de pesquisas clínicas.

A interconexão é um componente crítico do blockchain.

Em mercados verticais, usuários antigos de blockchain estão começando a perceber a natureza crítica de ter uma plataforma neutra interconectada com soluções de blockchain densas, distribuídas globalmente, com transferência de dados rápida, precisa e segura entre os nodes dos seus provedores de blockchain e seus sistemas de TI legados. Com a implementação de uma  Arquitetura orientada a interconexão®  (IOA®)  as melhores práticas de blockchain podem alavancar uma arquitetura comprovada e repetível que interconecta pessoas, locais, nuvens, dados e coisas diretamente e com segurança. Uma abordagem IOA® pode ajudar usuários de blockchain a fornecerem transações rápidas e seguras dentro de ecossistemas interconectados, mesmo aqueles mais exigentes, como é o caso do setor de serviços financeiros.

O papel fundamental da Equinix em acelerar a adoção de blockchain

Quanto mais operações de negócios digitais são realizadas através de diferentes redes de blockchain, mais os clientes corporativos têm criado estratégias de como conectar eficientemente sua infraestrutura às redes de blockchain.

A plataforma Equinix® pode foferecer aos participantes do ecossistema de blockchain:

  • Densidade. Interconectividade privada entre várias redes de blockchain, verticais e ecossistemas digitais que impulsionam um alto volume de interconexão e colaboração.
  • Proximidade. A implementação de infraestruturas de TI com várias redes de blockchain através de interconexão privada permite transações mais rápidas e seguras.
  • Ignorar a internet pública para evitar contenção de rede, problemas de desempenho e segurança permite que os participantes de blockchain movimentem cargas de grande volume de dados e transações mais rápidas.
  • A implantação de nodes de blockchain privados ou a utilização de várias soluções de “Nodes-as-a-Service” de CSPs diferentes permitem escolha e escalabilidade entre plataformas de blockchain, sem aprisionamento tecnológico.
  • Crescimento. Como as redes de blockchain e suas cargas crescem, conectar-se a opções de armazenamento a longo prazo para gerenciar requisitos de conformidade e desempenho de banco de dados será essencial.
  • Integração. Tal como acontece com os ecossistemas de nuvem e rede, uma plataforma de interconexão distribuída globalmente ajudará a integrar ecossistemas de blockchain e a aumentar qualquer solução de blockchain, usando recursos maiores (por exemplo, segurança, cronometragem atômica, gateways, serviços de tradução, etc).

O blockchain, finalmente, vai se tornar uma força de ruptura em negócios digitais e a Equinix estará aqui para ajudar seus clientes.

Para obter mais informações, confira o estudo “A Visão da Plataforma Equinix”.

[i] McKinsey, “Blockchain beyond the hype: What is the strategic business value?,” 2018.

[ii] Deloitte, “Breaking blockchain wide open,” 2018.

 

Confira nossos outros posts sobre essas previsões:

5 previsões de TI para os negócios digitais em 2019

Abrindo caminho para a promessa do 5G

A ascensão das arquiteturas distribuídas de Inteligência Artificial

John Knuff
John Knuff General Manager, Global Financial Services