Por Que Você Precisa Fazer a Transição para o Digital Agora Mesmo

Como Avançar para uma Estratégia Digital-First

Steve Madden
Por Que Você Precisa Fazer a Transição para o Digital Agora Mesmo

Recentemente participei de um webinar da 451 Research, uma parte da S&P Global Market Intelligence, onde se discutiu por que e como as organizações estão dando um salto da infraestrutura tradicional para a estratégia digital.

O que motiva uma organização a avançar em direção a uma estratégia digital? Por que elas devem fazer a transição de infraestruturas convencionais para um modelo de infraestrutura digital que seja um híbrido de ambientes físicos e virtuais? E como a Equinix desempenha um papel nessa transição com um conjunto de etapas e ferramentas — tornando consideravelmente mais fácil para as organizações fazerem estas mudanças para o digital?

Essas são algumas das perguntas que meu colega da Equinix, Zach Smith, Diretor Executivo da Equinix Metal™, Zach Nimboorkar, Vice-Presidente Sênior de Infraestrutura e Operações Globais de TI da Schneider Digital e eu discutimos com Eric Hanselman, Analista Principal de Pesquisa da 451 Research, enquanto analisamos o que é preciso para as empresas darem o salto em direção ao digital.

Webinar: Por que agora é a hora de fazer o salto para uma estratégia digital

Descubra como uma estratégia digital preenche as lacunas de desempenho, acelera os retornos e expande as oportunidades em todas as direções. Veja como os líderes em todo o mundo estão dando um salto em direção ao digital para obter vantagem nos negócios.

Assista
Business man meeting virtual team on video conference call using computer. Social distance worker working from home office in remote videoconference online chat, watching webinar, making videocall.

A diferença em ser digital

O que significa ser digital? Ser digital significa mudar a principal maneira pela qual uma empresa gera receita utilizando a tecnologia como sua vantagem competitiva. Colocar ser digital vai muito além de mover cargas de trabalho para a nuvem. Ganhos reais são gerados quando a infraestrutura, os aplicativos e os serviços convergem para oferecer serviços digitais, gerando economia de escala e flexibilidade. Ao assumir uma estratégia digital, novos mercados e fluxos de receita digital se abrem através de modelos de negócios que são serviços, o que pode acelerar todo o crescimento global – em negócios, novos produtos, serviços e melhores operações com participação do ecossistema. Ser digital é mais do que apenas utilizar a nuvem ou implantar um site de comércio eletrônico ou um aplicativo móvel. Significa desenvolver serviços digitais que ofereçam experiências pessoais perfeitas, combinadas com inteligência operacional em tempo real nas proximidades de onde os negócios acontecem.

Para que as empresas realmente adotem o que significa ser um negócio digital, elas devem implementar modelos de engajamento empresarial e transações comerciais inteiramente em software (através de aplicativos e dados). Fazer uso de uma infraestrutura definida por software permite que as empresas reconectem e reconfigurem a infraestrutura de negócios quando a demanda muda — como vimos os líderes digitais fazerem durante a pandemia global da COVID-19.

Líderes digitais versus seguidores digitais

Estudos de mercado da 451 Research e do Global Interconnection Index (GXI), Volume 5 mostram que as organizações estão em vários estágios de transformação digital. Por exemplo, existem “líderes digitais” e “seguidores digitais”:

  • Os líderes digitais exploram como a tecnologia da informação (TI) pode ser utilizada para ajudar uma organização a se tornar mais responsiva às necessidades dos clientes e às necessidades comerciais em constante transformação. Eles não apenas resolvem seus problemas de infraestrutura usando tecnologia; eles também resolvem problemas comerciais com o uso da tecnologia e, assim, digitalizam seus negócios.
  • Os seguidores digitais são organizações que, enquanto estão se adaptando às novas tecnologias, demoram a implementá-las e a migrar de infraestruturas herdadas, não tendo uma estratégia digital.

Por razões óbvias, os líderes digitais aceleram muito mais rápido do que os seguidores digitais. O GXI mostra como, nos últimos dois anos, os líderes digitais avançaram 4,5 vezes mais em relação a onde estavam anteriormente. Estes líderes digitais vivenciaram anos de crescimento em questão de meses, aumentando sua vantagem à medida que implementavam suas estratégias digitais. Um estudo de 2021 de Sheryl Kingstone, Diretora de Pesquisa para Experiência e Comércio do Cliente na 451, também descobriu que, em termos de desempenho no mercado de ações e crédito, as organizações que são “líderes digitais de CX” estão tendo um desempenho 2,7 vezes melhor do que aquelas que estão “atrasadas digitalmente”.[1]

Além disso, como estão nessa transição há algum tempo, as empresas digitais não sofreram as terríveis interrupções no serviço por causa da pandemia global da COVID-19. Para as organizações que adotam uma abordagem de seguidor, na qual a transformação digital ainda estava na lista de tarefas, a interrupção do serviço foi muito diferente. Os modelos de negócios ainda estavam principalmente vinculados a limitações físicas e dependências fixas, e os seguidores se viram ficando para trás no rendimento da largura da banda comercial, na gestão da cadeia de fornecimento, no engajamento do cliente e, potencialmente, em sua posição no mercado. Por exemplo, de acordo com o GXI, as organizações que não conseguiram fazer uso dos ecossistemas digitais de nuvem, SaaS ou parceiros mostraram crescimento duas a três vezes mais lento nos últimos dois anos.

Estudos de mercado da 451 Research e do Global Interconnection Index (GXI), Volume 5, mostram que as organizações estão em vários estágios de transformação digital. Por exemplo, existem “líderes digitais” e “seguidores digitais...”

Mudar para uma infraestrutura digital

A pandemia da COVID-19 criou uma urgência adicional para as missões de cada organização. Devido à natureza disruptiva dos lockdowns durante a pandemia e ao fato de que os funcionários passaram a trabalhar remotamente, mais do que nunca antes na história, vimos uma necessidade significativa de digitalização das empresas. As organizações tiveram que fazer a transição rapidamente. Os seguidores digitais não estavam prontos para religar suas infraestruturas porque elas não foram projetadas para esse nível de intensa mudança. Por outro lado, os líderes empresariais que já haviam feito a transição para uma infraestrutura digital tiveram a reação oposta à pandemia — eles deram a volta na disrupção causada pela pandemia de maneira muito mais rápida.

Vemos líderes digitais na Equinix tirando proveito dessas três estratégias de forma distribuída para criar uma infraestrutura digital:

  • Interconexão do núcleo digital:Remoção das limitações tecnológicas tradicionais, com a nuvem adjacente se tornando a nova instalação principal.
  • Integração de ecossistemas digitais:Capitalização do acesso a mercados e ecossistemas digitais para recursos e velocidades exponenciais.
  • Interação na borda digital:Proporciona, globalmente, experiências diferenciadas nas proximidades dos centros populacionais em todos os lugares.
Um estudo de 2021 da 451 Research também descobriu que, em termos de desempenho no mercado de ações e crédito, as organizações que são “digitalmente orientadas” estão tendo um desempenho 2,7 vezes melhor do que aquelas que estão “atrasadas digitalmente.”

A infraestrutura digital de muitos de nossos clientes faz uso de um modelo híbrido — interconectando ambientes físicos e virtuais para obter maior vantagem competitiva e impulsionar componentes-chave da economia digital global. Para fazer essa transição, as organizações precisam começar a implantar essas estratégias hoje mesmo, se ainda não o fizeram. Uma atitude de esperar para ver não funcionará.

Por que eu deveria dar o salto para o digital?

É claro que há desafios na implantação de uma infraestrutura digital, como o desenvolvimento da estratégia certa, o preenchimento de lacunas de liderança técnica e de competência e o trabalho dentro de orçamentos limitados. Mas se flexibilidade, gestão de custos, agilidade, escalabilidade e eficiência lhe agradam, você deve considerar ter uma estratégia digital.

Saiba como fazer a digitalização funcionar assistindo o webinar da 451 Research.

Além disso, confira o Global Interconnection Index (GXI) Volume 5, a principal fonte de dados e insights do setor sobre a interconexão e seu crescente impacto no mundo digital.

[1] 451 Research, parte da S&P Global Market Intelligence – Relatório Especial: Foco na Experiência do Cliente Pode Melhorar o Desempenho nos Mercados de Ações e de Crédito, 2021

Steve Madden
Steve Madden Vice President, Global Segment Marketing